2 Projeto Poupa Laís - 2º Mês!



Oi!

Demorou, mas chegou o resumão do 2º mês do Projeto Poupa Laís!

Pra quem não sabe, eu iniciei esse projeto na tentativa de controlar os gastos com coisas e poupar dinheiro para fazer experiências que realmente valem a pena. Ou seja, uma reeducação financeira!

Pra ver como o projeto começou e conhecer bem as regras definidas, é só clicar aqui.

Se você quer ver como foi o resumo do 1º mês, clique aqui.

Vamos aos resultados!


Eu não posso comprar NENHUM livro

Mais um mês com 100% de sucesso nessa etapa árdua de não comprar nenhum livro! Passei uma vez na Saraiva pra dar uma olhada rápida no que tinha de novidade e fiquei super interessada em alguns títulos, mas não levei nenhum pra casa. Sem dúvida, essa é uma das metas que mais influencia na diminuição de gastos.

Eu não posso comprar NENHUM material de papelaria

100% de sucesso! Fiquei alucinada vendo um vídeo da Melina do blog A Series of Serendipity no qual ela mostra alguns produtos de papelaria da loja virtual Veio na Mala, que vende as coisas mais fofas do mundo e juro que não comprei nadinha.

Eu não posso comprar NENHUM item de maquiagem

100% de sucesso também! A tensão do meu (único) BB Cream (eu também não tenho nenhuma base) chegando ao fim está aumentando cada vez mais, mas eu estou tentando ser firme e forte. Tenho usado maquiagem só em ocasiões muuuuito especiais, então acho que conseguirei aguentar durante um tempinho.

Eu só posso jantar fora DUAS vezes por semana

100% de sucesso. O número de vezes que jantei fora caiu tão drasticamente, que só consigo me lembrar de ter comido fora uma vez durante esse período. Essa tem sido uma meta muito importante também!

Eu só posso gastar até R$ 150,00 em roupas ou acessórios por mês

0% de sucesso. Isso mesmo, eu disse ZERO. Você aí lendo esse post achando que estava tudo bem e eu jogo essa bomba. Até o final desse mês, eu não havia gasto nenhum centavo na categoria e estava super feliz com esse fato. Só que aí, surgiu uma necessidade de comprar um casaco de tricô que acabou me levando à uma visita à Renner, onde eu não ia havia muito tempo. Ao invés de pegar o casaco, pagar e sair, fui olhar casualmente as outras roupas e simplesmente cheguei à uma conclusão brilhante (só que não) de que como estava na “transição dos meses”, eu poderia gastar a cota de R$150 do próximo mês também. Daí, em vez de manter o gasto em R$149,90 (que eu tinha guardado pra esse mês), gastei R$298,00 de uma vez.

Eu sei. Isso foi péssimo. Foi uma mistura de compulsão com ansiedade das férias (porque nas férias você quer ser feliz e eu tava de férias).

Mas, tenho que admitir: não foi um momento feliz. Eu saí de lá tão chateada comigo mesma que achei que ia passar mal de raiva, de arrependimento, de tudo. Cheguei em casa muito aborrecida e tive que me convencer várias vezes de que tudo bem... eu tinha errado, mas podia consertar nos próximos meses. Fiquei impressionada como essa coisa das metas mexeu comigo. Eu me senti como se tivesse cometido um PECADO CAPITAL.

Ainda nessa vibe de compras, percebi alguns dias depois que estava precisando de sapatos novos tipo urgentenmente, mas toda vez que abria o armário me deparava com milhares de pares novos ou praticamente novos que eu simplesmente não podia usar porque tenho um problema no pé que causa muita dor se eu usar o tipo de sapato errado. Por causa disso, resolvi esvaziar meu armário e vender tudo que não queria mais. Separei diversas bolsas e sapatos e anunciei pra família e amigos e consegui fazer várias vendas. Com o dinheiro que consegui “arrecadar” comprei dois sapatos que eu posso usar tranquilamente sem machucar meus pés e me livrei de guardar coisas que eu nem usava.

Fiquei bem feliz de conseguir vender esses itens, não só por “conseguir dinheiro”, mas por tirar essa culpa de ter comprado coisas que nem conseguia usar. Enfim, foi uma boa experiência!

Decidi não contabilizar o que gastei com os dois sapatos que comprei como “gasto do projeto”, porque eles foram comprados com dinheiro dessas vendas que eu fiz, então não fizeram uma pressão real no meu orçamento, foi como uma compensação.

Para reverter o gasto de R$298 desse mês, decidi que só posso voltar a gastar nessa categoria em outubro. Assim, ficarei metade de julho, todo o mês de agosto e todo o mês de setembro sem poder comprar roupas e acessórios.


"Eu cometi alguns erros, mas eu estou mudando a minha vida"


É uma meta ambiciosa, mas acho que vale muito a pena tentar. Espero que dê certo.


Eu só posso ir ao cinema UMA vez por mês

100% de sucesso. Como eu tinha falado no resumo anterior, não havia usado minha vez de ir ao cinema em junho e, portanto, ia acumular para duas idas ao cinema no próximo período. Aproveitei minhas duas chances para ver Divertida Mente (que eu achei legal, mas não TÃO incrível) e Jurassic World (que eu achei divertidíssimo). Vai ser triste ter que escolher só um filme pra ver no próximo mês, mas faz parte!

Eu só posso gastar até R$25,00 no almoço (exceto um dia na semana)

75% de sucesso. Decidi que tive 75% de sucesso porque como tive duas semanas de férias e fui pra casa da minha avó e dos meus pais, eu poupei vários gastos com almoço e jantar que me deixaram com um bom saldo. Daí, nesse semana que voltei a trabalhar não me preocupei muito com isso, pensando que eu tinha essa vantagem. Acho que ficou dentro do gasto total esperado, mas vou colocar 75% de sucesso porque eu preciso fazer isso com atenção no próximo mês.

Eu vou anotar todos os meus gastos

0% de sucesso. Eu não anotei. Pois é, eu sei. Tem traços da nossa personalidade que a gente simplesmente não consegue evitar. Desculpa!

Com alguns deslizes, ainda posso considerar esse um mês de sucesso que se traduziu numa fatura de cartão de crédito ainda mais enxuta!

O que mais me impressiona no projeto é que eu percebo diariamente várias compras que eu teria feito por impulso, pelo simples fato de não ter que pensar “eu posso comprar?”, “cabe na minha meta?”, “eu não preciso usar esse dinheiro em outra coisa?”. Isso me deixa bastante feliz!



Espero que o próximo mês seja melhor que esse e assim por diante!

E vocês? Como estão seus gastos? Conseguiram internalizar algumas metas? Estão conseguindo poupar dinheiro? Contem tudo nos comentários!



Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Orgulho Laís! É isso ai! Continua firme e forte que você consegue! Meu maior problema seria com a comida com certeza e é algo que eu to tentando consertar também! Haha me deseja sorte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sophie, você e comida são um caso de amor inevitável!! haha Mas, você vai conseguir sim! Boa sorte! Saudadeees!

      Excluir