2 Tapete Vermelho - Bela Gil

Olá, pessoal!

Comer é bom e todo mundo gosta, né não? Pensando nisso, a celebridade da vez é tão talentosa na cozinha que vai te deixar com água na boca (ou não!)


Não, não é a Ana Maria Braga, não é Palmirinha e não é o Edu Guedes do “Hoje em Dia”. Nossa celebridade não é linda, é bela, é a nossa Bela Gil!





A Bela Gil é também a diva do nosso colaborador Phelipe Lira.


Isabela Giordano Gil Moreira a.k.a Bela Gil nasceu em Salvador em 3 de janeiro de 1988. Em tempo quase integral, é uma chefe de cozinha natural e apresentadora do programa “Bela Cozinha” no canal GNT.  Filha de Gilberto Gil e Flora Gil, Bela também ministra aulas de culinária, tem o programa “Bela Infância”, da Rádio Globo, escreve em sua coluna no Casa & Comida e no Gastronomia Angeloni e dá palestras. Paralelamente, comanda o "SPA da Bela" que ocorre periodicamente. O spa tem o objetivo de demonstrar a importância da boa alimentação para o presente e o futuro da humanidade através de palestras, massagens, meditação e ginástica. Casada há dez anos com o gerente de estúdio de design João Paulo Demasi e mãe de Flor, 5 anos, ela se orgulha de os dois apreciarem comida natural.



Bela Gil era ainda adolescente quando descobriu a prática de yoga e com ela começou a se interessar pelos benefícios físicos e mentais da culinária saudável. Aos 18 anos se mudou para Nova York, onde morou por quase 8 anos. Tendo que cozinhar sua própria comida e querendo manter uma vida saudável, Bela resolveu se aprofundar no mundo da culinária e nutrição. Ela se formou em Culinária Natural pelo Natural Gourmet Institute e em Nutrição e Ciência dos Alimentos pela Hunter College. Estudou a filosofia da alimentação saudável e descobriu que as escolhas alimentares afetam não somente a nossa saúde mas a de todo o planeta. Para Bela, comer bem é um ato de compaixão consigo mesmo e com o meio ambiente.



Gilberto Gil, também adepto da macrobiótica desde a década de 70, afirma: “Bela é a filha que mais se parece comigo em termos de personalidade. Ela é magnetizada, consegue perceber o mundo e as inter-relações entre indivíduos e grupos sociais, além das outras dimensões da natureza.”


Ainda em Nova York, começou a trabalhar como personal chef e nutricionista para amigos próximos que, satisfeitos com os resultados, logo começaram a indicar para outras pessoas, aumentando o interesse em torno do seu trabalho. Bela também estagiou em dois restaurantes veganos muito populares em Manhattan, o Candle Café e o Candle 79.









Em 2013 voltou a viver no Rio de Janeiro, onde passou a fazer consultas e avaliações particulares como orientadora alimentar. Logo foi convidada pelo Canal GNT para ter o seu próprio programa. Assim nasceu o “Bela Cozinha”, programa no qual busca mostrar que é possível ter uma alimentação saudável com sabor e qualidade. “Comida boa não tem que ser sem graça. As pessoas acham que dieta é comer folhas. Salada é bom, mas tem que acompanhar o prato principal.” Do programa, surgiu o livro “Bela Cozinha – As Receitas”, sucesso de vendas em todo o país trazendo receitas inéditas, mostrando ainda os benefícios dos ingredientes utilizados.







A cozinheira é um ícone principalmente na internet por ser adepta da culinária natural, principalmente vegetariana. Sua aversão por produtos industrializados é tão intensa que suas receitas e dicas são muitas vezes mal interpretadas. De melancia grelhada à substituição de creme dental por cúrcuma (um tempero), a apresentadora admite que é tanto amada quanto odiada: “Meu público é heterogêneo, muitas pessoas me adoram, querem aprender comigo. Outras vêm com sete pedras na mão.”


O prato mais polêmico da cozinheira é a melancia grelhada com azeite e pimenta, numa tentativa de fazer um churrasco vegetariano. O prato virou meme na internet. E, mesmo com a dose de zoeira, a repercussão deixou a chef e apresentadora feliz. 

"A melancia rendeu. Foi a coisa mais ingênua que eu fiz na minha vida, não sabia que ia virar a loucura que virou. Ingenuidade mesmo. Fiquei feliz porque quando algo mexe com as pessoas é porque está surtindo efeito, as pessoas estão mais ligadas, tanto para o lado bom quanto para o lado ruim, mas pelo menos estão ouvindo falar mais sobre esse tipo de alimentação. Nunca foi nada proposital."





Bela fez com que a segunda temporada fosse diferente da primeira, pois na primeira, a cozinheira fazia os pratos que queria, como se estivesse recebendo visitas em sua casa. A partir da segunda temporada, os participantes são pesquisados para saber seus gostos e o que comem. 


"Na primeira temporada a gente não fazia uma pesquisa prévia dos convidados porque quando as pessoas vão comer na minha casa não faço isso, não mando um questionário para a pessoa.” 

Isso rendeu mil memes na internet de reações de celebridades que detestam tal alimento e tiveram que prová-lo no programa, como no episódio da Carolina Dieckmann, que odeia goiaba, e Arlindo Cruz, que não comia pipoca nem dendê.










Uma polêmica recente envolvendo Bela Gil foi em torno de uma foto postada em sua conta no Facebook/Instagram em que mostra a lancheira da filha Flor, de 5 anos. Entre os ingredientes, granola caseira, banana da terra, batata doce e… água. A foto acabou virando piada e rendeu muitos tweets engraçadinhos.











Para concluir, Bela resume uma parte da sua filosofia alimentar: “Quando a sociedade enxergar a alimentação saudável como um investimento e garantia de qualidade de vida, quando cozinharmos pensando e respeitando a saúde do corpo, da terra e dos produtores, aí sim conseguiremos construir um futuro melhor.”



Mais recentemente, ela surpreendeu mais uma vez, sugerindo o uso da cúrcuma, uma especiaria de cor amarela usada em temperos, para escovar os dentes, no lugar dos cremes dentais. 


“Cúrcuma para escovar os dentes! Melhor do que qualquer pasta de dente por aí (na minha opinião)!!! Anti-séptica, antibiótica, anti-inflamatória, 100% natural e sem efeito colateral (a não ser as manchas amarelas na escova e na toalha de rosto). Não contém flúor, sulfato, adoçantes, aromas artificiais, goma xantana e outros porcaritos mais! Quem quiser experimentar vale a pena, o seu bolso e sua saúde agradecem! Ah, antes que alguém pergunte, não deixa os dentes amarelos e sim super limpos e branquinhos. Se quiser pode adicionar uma pitada de canela também”, publicou Bela em sua conta no Facebook.


O comentário mais curtido do post foi de Adriela Mariath, professora de odontopediatria, que criticou Bela. 


“Cara Bela, acredito que no quesito temperos, sabores podemos ter opinião, mas quando se fala em doença, saúde, temos que ter algo além. A indicação de algum produto para higiene bucal, envolve um dos fatores mais relevantes da doença cárie, extremamente impactante na saúde da nossa população. Cárie é uma doença que acomete 30% das crianças de até 5 anos de idade no Brasil, que está envolvida com dor, perda dentária, desnutrição, inclusive. Flúor da pasta de dentes é cientificamente provado como o maior responsável pelo controle da cárie no mundo, e num país como o nosso, com 40% da população adulta desdentada, temos que cuidar com o que falamos, ainda mais uma pessoa formadora de opinião como você e que desconhece cientificamente fatores de risco de cárie e protocolo para teste de qualquer tratamento em saúde. Por favor, continue a falar de temperos e sabores, que por sinal falas tão bem! É um cuidado com nossas crianças tão desassistidas e acometidas por doenças. Obrigada.”


Após ser criticada, Bela respondeu os comentários numa outra postagem. 


“Gente, não sabia que tinha tanto dentista no mundo! hahaha Nunca quis ofender vcs mostrando uma alternativa a pasta de dente para pessoas que não querem consumir mais toxinas no dia a dia. Adoraria se pudessem pesquisar e ler artigos científicos sobre os beneficios da cúrcuma na saúde bucal e sobre os efeitos maléficos da ingestão de flúor pela água e pasta de dente. O flúor está relacionado com fratura ossea, cancer de boca, hipotiroidismo, etc. Só não quero mais uma fonte dele na minha vida. Opinião minha - Não sou dentista - Experimenta quem quiser!!! Vou ao dentista 2 vezes por ano, e só tive cárie uma vez na vida ainda criança quando comia besteira e usava pasta de dente com fluor!!!”


Numa entrevista, quando questionada sobre o assunto, Bela afirmou: 


"Acho que as pessoas não estão preparadas para novidades e novas alternativas na gastronomia e no modo de vida. São pessoas muito limitadas, que vivem no seu quadrado e não querem se abrir para o novo. [...] Meu público é heterogêneo, muitas pessoas me adoram, querem aprender comigo. Outras vêm com sete pedras na mão. Recebi vários emails de dentistas me apoiando, mas o conselho de odontologia disse que não há estudos que comprovem a eficácia da cúrcuma. Eu sei de vários estudos que comprovam, sim".


Além da cúrcuma como substituto natural de um produto de higiene, Bela também revelou que não usa desodorantes industriais: "Postei no Instagram a receita. Leva água com leite de magnésia e óleo essencial. Desta vez ninguém criticou".



No início de agosto de 2015, Bela Gil sofreu represália do Conselho Regional de Nutrição do Rio Grande do Sul. Comumente citada como profissional da área, na realidade, a apresentadora ainda não teve o diploma validado no Brasil. Segundo as leis brasileiras, Bela que, como já foi dito tem formação na Universidade Hunter College, em Nova York, nos Estados Unidos, deve validar seu diploma em uma instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação. Só assim ela pode ter um registro no conselho brasileiro e, então, estar habilitada a exercer a profissão no país.



Em nota oficial, o Conselho Regional de Nutricionistas da 2ª Região (CRN-2) do Rio Grande do Sul resolveu se pronunciar e escreveu: "O CRN-2 comunica que a apresentadora Bela Gil não é nutricionista, diferente do que foi publicado. Alerta, ainda, que o nutricionista é o profissional legalmente habilitado a prescrever a alimentação de coletividades ou indivíduos".



A assessoria de imprensa de Bela Gil informou que ela sabe das suas limitações até o reconhecimento do diploma no Brasil. "É uma questão burocrática que já está sendo resolvida. Ela já deu entrada e o processo está em análise. Ela, inclusive, nunca disse que era nutricionista para fazer o tipo de trabalho que faz".



Louca? Talvez. Natural e saudável? Com certeza! Brincadeiras a parte, sabemos que Bela Gil é extremamente talentosa no que faz. Suas receitas podem soar um pouco estranhas, mas é possível perceber que ela tenta ser a mais natural possível, literalmente! E temos que concordar que a filosofia dela faz sentido, que comer é muito mais do que satisfazer uma vontade, é estabelecer uma relação principalmente com a natureza, de onde tudo vem.



Eu mesmo fiquei curioso pra saber como seriam algumas das receitas da Bela Gil, mas como eu quase não cozinho, procurei pela deep web alguém que já tivesse tentado e o pessoal do BuzzFeed Brasil já o fez. Dá uma olhada aqui !



Se você quiser conhecer um pouco mais da culinária macrobiótica de Bela, dá uma olhada no site dela!



Diga pra gente o que achou da matéria? Tem alguma sugestão ou crítica? Põe aí nos comentários!




Até mais!


Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Grata surpresa, Breno. Adeptos ou não, o debate que a Bela tem provocado é muito necessário. A maneira como nos alimentamos pode ser um ato político e tem potencial para alterar um cenário nada animador, quando pensamos, por exemplo, que esgotamos em menos de oito meses os recursos naturais que o planeta é capaz de produzir num ano. Nesse sentido, o alcance que a Bela tem (apesar de às vezes parecer inacessível) representa um movimento muito bacana. E marquemos, pois, um dia para eu executar algumas receitas dela para vocês (rs).

    ResponderExcluir
  2. Olá Jorge! Super entendo a necessidade do debate que a Bela Gil provoca. Me entristece inclusive saber que a internet ridiculariza o que ela faz, sendo que ela só contribui para um planeta melhor. E aceito o convite para experimentar algumas das receitas dela, só fujo do churrasco de melancia! hahahha

    ResponderExcluir