0 Top 5 canais favoritos no Youtube!







Oi!

Hoje vim compartilhar com vocês os meus canais favoritos no Youtube!

Eu não era muito apegada ao Youtube e só navegava lá atrás de coisas muito específicas. Mas, há mais ou menos dois anos atrás, fiquei mais acostumada a ver alguns canais com frequência e acabei me inscrevendo em vários. Resultado: acompanho religiosamente muitos deles! Por conta disso, decidi fazer aqui um TOP 5 canais (+ um bônus) com aqueles que eu mais adoro e sigo com frequência!

1. Omeleteve
O Omelete é um site especializado em críticas de filmes já super conhecido e volta e meia eu dava uma olhada lá no site pra ter notícia de alguma obra cinematográfica que me interessasse. No ano passado, acabei me deparando com o canal deles no Youtube, o Omeleteve, e foi amor à primeira vista. Os integrantes fazem vídeos divertidíssimos e num clima bem informal comentando filmes, séries, jogos e tudo que faz pessoas nerds pirarem. Dá pra dizer que trabalhar no Omelete é o emprego dos sonhos. Se você ainda não conhece, vai entender o que eu tô dizendo quando assistir um vídeo deles.



2. Karol Pinheiro
Eu acompanho a Karol desde que ela era repórter da Revista Capricho, há mais ou menos uns 5 ou 6 anos atrás, mas conforme fui crescendo e me afastando da revista, fiquei sem notícias delas. Em 2014, quando eu estava prestes a viajar pra Nova York, comecei a procurar alguns vídeos com dicas de lugares pra visitar lá e acabei encontrando de novo a Karol. Só que, dessa vez, em um canal só dela! O canal da Karol tem de tudo: moda, maquiagem, decoração, desafios, viagens e a melhor coisa, que é a própria Karol! Ela tem um jeito muito pra cima, muito divertido, muito sincero e muito honesto que deixa a gente com vontade de ver mais e mais. Sou fã.




3. Banquete
Embora eu me arrisque muito pouco, eu sou totalmente interessada em vídeos de culinária. Acho que ver o vídeo me dá uma sensação de que eu já sei fazer a receita, então, só de assistir eu já me sinto especial! (RISOS) O canal do Banquete apresenta receitas especialíssimas e incríveis (nada dessas receitas truqueiras que estão chovendo aí no Facebook) divididas em temporadas MA-RA-VI-LHO-SAS. Os dois amigos que comandam o canal, Mari e Leo, são as estrelas divertidas que arrematam os vídeos com chave-de-ouro.




4. Mikannn + Carol Moreira
Esse vício é recente, mas já me pegou com tudo. Mikannn (ex-Omelete) e Carol (atual Omelete) fazem, além de outras coisas, os mais detalhados e especializados vídeos sobre Game of Thrones. Às vezes juntas, às vezes separadas, elas falam sobre todas aquelas teorias que a gente quer comentar e acalmam um pouco esses nossos corações que aguardam ansiosos o sexto livro e a sexta temporada. Se você tem medo de spoilers, preste atenção antes de dar o play!



O vídeo acima está disponível no canal da Mikannn. O canal da Carol Moreira é esse aqui!


5. Karen Bachini
A Karen é uma blogueira de maquiagem já bastante conhecida através do site E aí Beleza?, mas nem só de maquiagem vive seu canal. A Karen tem um jeito super espontâneo e engraçado de falar sobre vários assuntos como decoração, moda, viagem, DIY, animais de estimação e até tecnologia. Eu achei ótimo o vídeo que ela fez sobre a câmera Canon G7X. Dá pra perceber o quanto ela se dedica pra produzir um conteúdo bom e com muita informação interessante.




Bônus. Nikkie Tutorials
A Nikkie é uma das Youtubers mais reconhecidas no universo da maquiagem e não tem pra menos. As maquiagens dela são incríveis! Pra completar, ela é super engraçada e tem uma didática maravilhosa que vai te convencer a tentar pelo menos um dos makes que ela ensina. Fico chocada com o quão impecável a maquiagem dela fica... O vídeo mais famoso da Nikkie é esse abaixo, "The Power of Make up" e vale muito a pena assistir!




Espero que vocês gostem das dicas! Tem alguma sugestão de canal? Poste nos comentários!

Beijos

0 25 anos de muita história



Hoje*** eu faço 25 anos e por mais que a gente saiba que, no fundo, nada muda e que o próximo ano pode ser bem parecido com o anterior, dá aquela sensação de “já tenho um quarto de século de vida. E agora?”.

Esse ano, no entanto, eu fiz questão de fazer diferente: Eu pedi demissão no lugar onde trabalho desde 2012.

Nem consigo acreditar.

Passei no mestrado no final de 2015 e, em março de 2016, vou ter uma rotina inteiramente nova.

Em dezembro parecia que eu estava a pelo menos um quilômetro desse abismo e, agora, eu acabei de pular dele. Eu, que sou totalmente preocupada, ansiosa e desesperada com tudo e qualquer coisa pulei de olhos fechados. Em queda livre.

Acredito que na vida temos um determinado período de tempo pra investir em todas as coisas. E o tempo que eu tinha pra aplicar nessa etapa se esgotou. Eu não tomo essa decisão pensando que tudo obviamente vai dar certo com certeza, mas sim que isso é exatamente o que eu tenho que fazer agora.

Quem depende do trabalho pra viver sabe o quanto é difícil tomar esse tipo de decisão. Ela implica em aperto financeiro, diminuição da nossa liberdade e independência. Mas, ao mesmo tempo, um pouquinho de coragem não pode fazer tão mal. Se você tem um plano, se você tem apoio, se você tem certeza... apenas vá.

Não dá pra garantir que coisa alguma nessa vida vá dar certo. Nem ficando, nem partindo. Então, porque não tentar?

Eu não consigo pensar em um decisão mais clara e consciente que eu tenha tomado na vida. E, vou escrever isso aqui caso um dia eu super quebre a minha cara só porque eu quero lembrar de como eu me senti hoje.

Nosso objetivo na vida é compreender a nós mesmos e ir atrás daquilo que nos faz bem e entender que certas coisas têm data de validade: relacionamentos, empregos, hábitos. E funciona exatamente como comida: você pode tentar tomar um iogurte fora da validade, mas ele também pode acabar te fazendo muito mal. Porque o tempo dele passou.

Outra coisa importante: Emprego não te define. Não define teu caráter, teus valores, tua qualidade como ser humano. Dedicar alguns meses ou anos em outro projeto prioritário de vida que não seja um “emprego tradicional” é absolutamente normal.


Por último, mas não menos importante: você tem que esvaziar tua cabeça, tua rotina, tua vida das coisas cujo prazo de validade já venceu pra finalmente receber “o novo”. O mundo não para. E ele não vai te deixar “vazio” por muito tempo. Por causa disso, não tenha medo de se abrir, de fazer diferente, de deixar algumas coisas pra trás. Logo você vai se encontrar em outras situações que você nem poderia imaginar há um mês atrás quando você estava vivendo no piloto automático.


Hoje é um dia horrível e maravilhoso. Um dia de lamento e de agradecimento. E eu não quero me esquecer dele nunca, nunca, nunca.

***Escrevi esse post no dia 25 de janeiro, meu aniversário.