0 5 maneiras criativas de usar o Kindle!






Oi! Como vocês já devem imaginar, vida de mestranda(o) não é fácil. No entanto, sempre há algumas maneiras de deixar o dia a dia de estudos um pouco mais prático. A minha rotina de leitura ficou mais confortável e barata depois que eu comprei uma impressora e um e-reader.

Eu sei que é complicado dizer “barata” sobre essas aquisições, porque elas são, na verdade, bastante caras. Entretanto, apesar do alto investimento inicial, achei que o uso tem compensado muito o que eu costumava gastar em xerox e na dificuldade que eu tinha pra ler no computador.

Escolhi o Kindle Paperwhite por indicação de uma amiga (Marcelle <3) em julho desse ano e já estou superadaptada. Exceto aqueles textos que são “escaneados” e que ficam quase que impossibilitados de serem lidos (e, principalmente, marcados!) em aparelhos eletrônicos – aí, nesse caso, eu uso a minha impressora – o Kindle tem sido meu companheiro número um de leitura.

Ah, quero fazer uma pequena observação! Se você tem uma impressora HP (não sei dizer se essa dica é válida também para outras marcas, mas vale pesquisar), adquira sempre que possível o cartucho em tamanho XL (extra-grande). Comprei meu cartucho preto XL junto com a impressora, uma HP Deskjet 3636 há vários meses atrás e só essa semana ele deu seu último suspiro. Acho que valeu muito mais a pena pagar um pouco a mais porque o número de páginas que esse cartucho imprime é até três vezes superior ao número de páginas produzidas pelo cartucho padrão. Fica a dica! [vale lembrar: este post não é uma propaganda!]

Voltando ao Kindle, depois que dominei as funções originais, fiquei pensando se não seria possível aplicar o potencial dele para outras atividades. Por conta disso, fui pesquisar maneiras criativas de usar o e-reader além da leitura e achei algumas ideias bem interessantes que vou compartilhar com vocês agora.


1ª dica: Revisar trabalhos
Depois de passar dias, às vezes meses, escrevendo um trabalho acadêmico ou profissional, é comum deixar alguns erros ou frases estranhas passarem batido. Por isso, o processo de revisão é essencial para ter certeza de que seu trabalho está perfeito. Por que não enviar seu trabalho para o Kindle para fazer a leitura final? Às vezes, no computador, já lemos com aquela pressa e ansiedade de caçar erros e editar imediatamente e nossa percepção do texto como um todo fica prejudicada. Ao ler o trabalho no Kindle, você se concentra em fazer uma leitura detalhada e escrever comentários sobre o que deve ser editado e até sobre novas ideias a serem incluídas. Assim, na hora de mexer no arquivo final, você pode olhar os comentários que você fez e decidir o que realmente vai e o que fica.


2ª dica: Roteiro de apresentações
Para fazer apresentações acadêmicas e profissionais, é bem comum o uso de um roteiro (especialmente em tópicos) que sirva de guia para sua fala. O Kindle pode ser uma boa ferramenta para este tipo de documento! Além de não precisar imprimir esse arquivo que você, provavelmente, só vai usar uma vez, você não corre o risco de se enrolar caso sua caligrafia seja meio complicada de ler (como a minha!). Divida os assuntos por páginas e com um toque na tela, você vai passando pelos tópicos e ainda evita aquela confusão de papéis fora de ordem. 








Se   você vai fazer sua apresentação com ajuda de um arquivo Power Point, também pode enviar seus slides para o Kindle. Assim, você evita ter que ficar se virando de costas pro público para conseguir ler seus slides (geralmente a projeção fica atrás de quem está apresentando). Você vai se sentir tão confortável, que vai parecer que está dando uma TED Talk! Haha... pequeno exagero.


3ª dica: Flashcards
Precisa estudar para uma prova e tem muitos conceitos para decorar? Use seu Kindle como um depósito de Flashcards. Use duas páginas para cada conceito. Na primeira, escreva seu nome em letras grandes (pode ser também uma pergunta). Na segunda, adicione seu significado (ou a resposta da pergunta) conforme você precisa fixar. Ao estudar, tente responder mentalmente ou em voz alta antes de verificar a definição ou a resposta na tela seguinte. Este método é muito legal também se você estiver estudando em dupla.





4ª dica: Informações de viagem
Se você vai viajar, provavelmente vai levar seu Kindle para fazer alguma leituras durante o voo, então pode aproveitar para “carregar” nele todas as suas informações de viagem: roteiros, números de reserva, telefones e endereços importantes, guias de viagem (em formato e-book), listas de compras e de gastos, aquele documento com as regras do seguro de viagem (que geralmente é um calhamaço de papel gigante que faz um super volume na bolsa) e o que mais você precisar. Além de economizar espaço e peso, você fica menos propenso a perder alguns destes papéis. Lembre-se sempre de incluir nestes arquivos de viagem fotos dos seus documentos e das suas malas (neste caso, por dentro e por fora). Elas podem ser bem úteis em caso de perda ou roubo destes itens. O seu celular pode até servir pra essa função, mas ele não tem a bateria duradoura do Kindle.
















5ª dica: Você sabia que seu Kindle faz screenshots?

Esse é um recurso que descobri há pouquíssimo tempo! O screenshot nada mais é do que aquele famoso “print da tela”. No gif abaixo, você vê como é fácil fazer um screenshot no Kindle. Para acessá-lo, conecte-o ao computador através do cabo USB e encontre-o na pasta geral.






Espero que você tenha curtido estas ideias e possa colocá-las em prática! Se conhece outras formas interessantes e inesperadas de usar o Kindle, conte nos comentários!

Beijos!
Comentários
0 Comentários

Comentário(s)

Nenhum comentário:

Postar um comentário